Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Manuscritos de Fernando Pessoa em risco de ir para o estrangeiro

 

 Uma parte significativa do espólio de Fernando Pessoa, que ainda se encontra na posse de familiares do poeta vai ser leiloada em Outubro deste ano em Lisboa. Um dos documentos que pode suscitar interesse por parte dos ingleses, é o chamado dossier Pessoa-Crowler, que reúne todos os papéis relativos ao encontro do poeta português com o ocultista inglês Aleister Crowler em 1930.

Outras peças que também vão estar a leilão são: cartas astrológicas, livros e revistas, entre os quais a Contemporânea e a Orpheu com dedicatória a Almada Negreiros e o contrato de arrendamento da casa da Rua Coelho da Rocha, que é hoje a sede da Casa Fernando Pessoa.

Contudo, alguns investigadores afirmam que o Estado português deveria fazer “um segundo arrolamento para ter a certeza que os papéis ficam em Portugal.”

O arrolamento é uma figura legal que prevê limites para que os proprietários dos bens em causa podem fazer com eles, nomeadamente a venda para o estrangeiro.

Agora todos estes manuscritos poderão ir parar a mãos estrangeiras, em que a possível salvação destes está nas “mãos” da Biblioteca Nacional, apesar desta ainda não ter confirmado se vai avançar com a compra desta parte significativa do espólio de Fernando Pessoa.  

 

Vanessa Pereira

 

publicado por pequenos jornalismos às 23:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Chegada da sonda Phoenix ao solo Marciano

  A sonda Phoenix é uma missão não tripulada da NASA, lançada de Cabo Canaveral em 4 de Agosto de 2007, com o objectivo de tentar encontrar moléculas de água na região do pólo norte do planeta Marte.

O objectivo da sonda é a procura pela água e ela pousou próxima ao pólo norte de Marte onde acredita-se existir água congelada e a Phoenix deverá utilizar o seu braço robótico para cavar o solo marciano.

 

Depois de viajar por 296 dias e atravessar a atmosfera marciana a 21 mil km/h, a Phoenix pousou em segurança no local prédeterminado, próximo ao pólo norte marciano e sobre a dura camada de "gelo" do planeta, pousou hoje dia 25 de Maio de 2008 às 23:38 UTC, com transmissão ao vivo da sala de controle do programa pela internet.

 

 

 

 

 

 

publicado por pequenos jornalismos às 23:07
link do post | comentar | favorito

Queima das Fitas 2008

 

Tal como a de Coimbra, a história da Queima das Fitas do Porto, começa no ano de 1920, em que os finalistas de Medicina da Universidade do Porto, faziam a intitulada “Festa da Pasta”, que é considerada a origem da Queima das Fitas.
Em 1945, a expressão “Festa da Pasta” é abandonada e passa a intitular-se “Queima das Fitas do Porto”. A partir daí a Queima começou a ganhar moldes que actualmente conhecemos, com inúmeras actividades, desde a Serenata, ao Corteja, passando pelas oito noites.
 
 
Neste ano, a Serenata marcou, como sempre, o inicio dos festejos da Queima das Fitas, no dia 4 de Maio ás 00:01.
Um ano depois, os Blasted Mechanism inauguraram a semana académica, seguidos dos Plaggio que tiveram o privilegio de ver o seu nome no cartaz da Queima das Fitas,visto que são uma banda iniciada recentemente.
Na segunda noite, o Queimodromo vibrou ao ritmo de David Fonseca e Jorge Palma.
Segunda-Feira, dia 5 de Maio, foi a vez de Sam the Kid e Gentleman.
Seguiu-se claro, a noite mais popular da Queima das Fitas do Porto, com a presença do veterano Quim Barreiros, este ano acompanhado por Diapasão. A terça-feira é dos dias em que o Queimodromo enche e o s bilhetes de estudante esgotam quase no dia anterior.
Depois da noite atribulada, o dia seguinte é considerado um dos dias mais calmos da Queima, onde os estudantes aproveitam para descansar. Este dia foi preenchido pelos concertos dos Irmãos Verdades e os Clã.
No dia 8 de Maio, o Queimodromo sentiu um cheirinho do rock português, com a actuação dos trabalhadores do comércio; seguido da estrela internacional jamaicana Sean Kingston.
Também já com a presença obrigatória, os Xutos e Pontapés completaram mais uma noite da semana académica, com a companhia dos Wraygann, que subiram pela primeira vez ao palco da Queima das Fitas.
Para terminar em grande, o Queimodromo quase não chegou para aqueles que se foram despedir da Queima ao som dos Da Weasel e dos Expensive Soul.
 
Para o ano há mais, mas por agora terminou uma das mais conceituadas semanas académicas do país, agora os estudantes vão ter que recuperar de todo o desgaste e de todo o álcool ingerido para se poderem concentrar para os exames.
 
Vanessa Pereira
 
publicado por pequenos jornalismos às 22:45
link do post | comentar | favorito

Projectos da turma do 12ºG

 

O nosso grupo “Meios de Comunicação Social” teve a ideia de criar uma notícia sobre os diferentes temas dos cinco grupos de Área de Projecto na nossa turma, 12ºG.

 

Comecei então por falar com os membros do grupo que trata o aspecto da imigração em Portugal. Este grupo tem como objectivos chamar a atenção para a tolerância em relação aos imigrantes e valorizar o encontro de culturas e para poderem concretizar os seus fins o grupo realizou entrevistas, inquéritos e visitaram o CNAI (Centro Nacional de Apoio ao Imigrante). Como opinião, o grupo considera que o projecto podia funcionar melhor, se os membros se mostrassem mais disponíveis para trabalhar.

 

Relativamente ao grupo das “Necessidades Especiais na cidade do Porto”, têm como objectivos sensibilizar a comunidade escolar para as necessidades especiais, conhecer a existência de respostas ou não das escolas de ensino regular a estas necessidades e abordar a possível ou não aplicação da nova legislação. E segundo o grupo, o projecto está a correr muito bem, de forma como previam.

 

Com o tema “A Casa do Infante e a cidade do Porto”, o grupo 3 tem como objectivos a divulgação da casa/museu e arquivo histórico da cidade, da estrutura e funcionamento da instituição e também divulgar essas mesmas conclusões. E para além disso pretendem também sensibilizar os alunos e professores para a riqueza do património histórico que a cidade do Porto encerra. Para concretizar o projecto, o grupo pretende fazer uma visita para os alunos mais novos, criar um blog, flyers e um roteiro adaptado para os alunos do ensino básico.

Ao perguntar-lhes como estava a correr o projecto, o grupo respondeu que “ estava a correr bem, apesar de na recta final, estarem sob muito stress”.

 

 

Por fim, resta o grupo preenchido por apenas raparigas, com o tema “A brincar, a brincar, vamos aprender a ser grandes”, e como o título sugere vão aprender mais sobre a profissão de educadora de infância, visto que todos os membros têm como objectivo seguir essa área. Por isso, tem como objectivos estudar o desenvolvimento da criança a vários níveis, percepcionar a importância do ensino pré-escolar, observar o comportamento das crianças e colaborar com o infantário.

E como actividades, desenvolveram o desfile de Carnaval, a Feira da Ciência e uma peça de Teatro com as crianças. Quando questionadas como está a correr o projecto, responderam que “ este projecto contribuiu para alterar a nossa perspectiva em relação á profissão de educadora de infância. Exigiu muito de nós, o que permitiu que ganhasse-mos algumas experiência a vários níveis. Foi um projecto muito gratificante, na medida em que houve uma grande interacção com as crianças, valorizando muito o aspecto afectivo do nosso projecto.”

Assim , posso concluir que apesar de distintos, todos os temas são interessantes e todos os grupos estão a dar o seu melhor, para produzirem o melhor projecto possível.

 

Vanessa Pereira

publicado por pequenos jornalismos às 20:58
link do post | comentar | favorito

Colóquio sobre a Nova Legislação do Ensino Especial

 

No passado dia 29 de Abril e no âmbito da Área curricular de Projecto, o grupo do 12ºG cujo tema é Jovens com Necessidades Especiais, levou a cabo um colóquio na biblioteca da nossa escola.
Tinham como objectivo dar a conhecer as diferentes perspectivas em relação à nova legislação do ensino especial.
Para isso, contaram com a participação dos seguintes convidados: a Dra. Sónia Catarino, representante da APPACDM; o Dr. Veríssimo Cabral, em representação da DREN; a Dra. Olga Figueiredo, do CEFPI; e o Dr. Vílmaro Pereira, em representação da nossa escola.
Das 15h15 até as 17h00 e apesar de alguns problemas técnicos que surgiram, cada convidado deu a conhecer a sua opinião, devidamente fundamentada, conseguindo cativar o público presente, que se mostrou bastante participativo, interessado e receptivo.
Tornou-se, mais uma vez, evidente a importância dos projectos que estão a ser levados a cabo e a diferença que os alunos podem fazer quando se empenham…
Rafaela.
publicado por pequenos jornalismos às 20:56
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

NEWS

Coisa fantástica! Sabiam que a palavra NEWS é composta pela primeira letra de cada ponto cardeal? Ora, N - North, E - East, W - West e S - South. Assim sendo, podemos constatar que esta palavra tem um grande significado: encarrega-se de englobar o mundo inteiro, tal como os pontos cardeais e tal como as notícias percorrem igualmente o nosso planeta Terra. Demonstra, portanto, que o seu significado - notícia - expande-se por todo o globo atingindo cada um dos seus cantos.

 

 

 

 

 

 

 

 

A notícia tem a grande capacidade de abranger tudo e todos, tem o poder de informar...e são tantas as formas dessa veiculação de informação: através de fotografias, imagens, vídeos, palavras, sons, pessoas ou coisas...

 

E é graças às notícias que tomamos parte do mundo, aprendemos saberes  e temos consciência de como é acordar quando metade está a adormercer!

 

Afinal de contas, que seria de nós sem notícias? Estaríamos como que desligados do mundo que nos rodeia...sem  saber o que está para lá do horizonte.

 

Ana Isabel.

 

publicado por pequenos jornalismos às 20:13
link do post | comentar | favorito

Novo acordo ortográfico

Diz-se por aí que um novo acordo ortográfico está prestes a “rebentar”. No entanto, as opiniões divergem e nem toda a gente tem a noção de quais serão as alterações na nossa maneira de escrever.

Será que o novo acordo ortográfico vai facilitar a linguagem? Será que vai, efectivamente, «unificar a Língua» como se pretende ou criar ambiguidade no que até aqui nos parece ser certo? Vamos ser “colonizados” pelo Brasil? Dizer “ótimo” em vez de “óptimo”, “ator” em vez de “actor”, “ato” em vez de “acto”?

Será que temos mesmo de nos «adaptar ao novo documento» linguístico para permitir a adaptação dos nossos dicionários e manuais?

Porque não deixar tudo como está? Para quê retirar os acentos nas palavras agudas como “jóia” e “herói”; para quê igualar “pêlo” e “pelo” ou “pára” e “para”? Vamos escrever: “És o meu heroi” e “Para para eu poder descansar…”?

Vamos passar a celebrar o 25 de Abril ou o 25 de abril? Não causa confusão um dia como este ser diminuído da sua importância?

Segundo a ministra da cultura, Isabel Pires de Lima, Portugal vai pedir um prazo de dez anos para a entrada em vigor do novo Acordo Ortográfico, que unifica a escrita da Língua Portuguesa. Isto deve-se ao facto deste acordo obrigar a muitas adaptações e alterações.

Curiosamente, este acordo já foi assinado em Dezembro de 1990, há mais de 17 anos e deveria ter entrado em vigor a 1 de Janeiro de 1994.

Não se deixem influenciar por opiniões alheias. Vamos deixar tudo como está, transparecendo, assim, a nossa nacionalidade para com a nossa língua.

 

Ana Isabel.

publicado por pequenos jornalismos às 11:53
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Dia Internacional da Família

Hoje é o dia internacional da família. Dia 15 de Maio de 2008 comemora-se o 9º aniversário do Dia Internacional da Família proclamado em Assembleia Geral das Nações Unidas. Neste dia é celebrado o conceito da família em todas as sociedades do mundo reflectindo assim sobre os problemas económicos, sociais e culturais que afectam grande parte das famílias do nosso mundo.

 

Sem esquecer claro que todos os dias são dias da família devemos brindar essa comunhão e partilhar os momentos comuns desfrutnado da harmonia que cada família deverá ter.

 

  

Ana Isabel

publicado por pequenos jornalismos às 13:23
link do post | comentar | favorito

Newseum

Na visita realizada pelo meu grupo ao Museu dos Transportes e Comunicações fiquei a saber que existe um “museu” das notícias. Chama-se Newseum pois trata-se de um museu das notícias com 76 200 m² onde todos os seus visitantes podem explorar cinco séculos de história de notícias. Localizado em Washington D.C. o museu das notícias tem como “missão” proporcionar a todos um espaço onde os media e o próprio público possam obter uma melhor compreensão sobre estas diferentes dimensões sociais. Contém sete galerias, teatros e serviços para visitantes.

Aqui cada um tem a oportunidade de experienciar o excepcional mundo das notícias podendo compreender, por detrás dos “bastidores”, como e porque é feita cada notícia.
Mas o melhor estava para vir quando descobri que este site apresenta todas as 1as páginas de jornais de todo o mundo! Mais de 500 1as páginas de jornais…todos os dias…de todo o mundo. Como é possível não estar actualizado e a par de tanta informação?
Visitem o site: www.newseum.org. Primeira página de jornais do mundo, jogos, visitas online, vídeos sobre a história do jornal, memorial de jornalistas, eventos são algumas das actividades e exposições apresentadas ao público de todo o mundo para o significado da notícia poder veicular entre cada um de nós, fazendo-nos compreender que por detrás de uma simples notícia estão experiências e vivências fulcrais para o desenvolvimento do trabalho mas igualmente divertidas e inspiradoras.
  
Ana Isabel.
publicado por pequenos jornalismos às 00:14
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Dieta Mediterrânica

Actualmente, problemas de saúde como a obesidade e a anorexia ou a bulimia são temas recorrentes devido a uma inadequada alimentação praticada por quase toda a população, com mais incidência nos jovens, os quais preferem a chamada “fast food” que pode provocar várias doenças, entre as quais, do foro cardíaco.

     Assim sendo, será oportuno dar a conhecer uma forma saudável de alimentação: a designada Dieta Mediterrânea, desconhecida de grande parte das pessoas.

    Esta dieta surgiu na Grécia, pois constatou-se que o povo de Creta, uma das ilhas do país, praticava um regime alimentar baseado em gorduras não saturadas, hidratos de carbono, vinho (bebido regularmente) e exercício

físico. Consequentemente possuíam uma saúde muito sólida e um nível de vida bastante elevado, com a ausência de doenças.

    Com o passar do tempo este regime foi recebendo influências dos países abrangidos pela Mar Mediterrâneo, como Síria, a Líbia, França, entre outros.

    Hoje em dia, esta forma de alimentação é composta por: legumes, leguminosas, verduras, vinho, iogurte, queijo branco, alho, cebola, oleoginosas (plantas comestíveis que produzem óleo, como por exemplo, o manjericão), fruta, peixe, cereais e azeite.

    Assim sendo, apresenta-se como uma alimentação equilibrada com menor gordura animal, e menos açúcares, que outra formas alimentares.

     Posto isto, refere-se o que cada alimento contém, em termos de componentes, e no que pode ajudar no ser humano: o peixe, muito rico em ómega 3, previne doenças do coração, bem como cancro e hipertensão; o iogurte e o queijo branco previnem a osteoporose e beneficiam a flora intestinal; o vinho, bebido com moderação e regularmente, reduz e evita a acumulação de gorduras nos vasos sanguíneos, além de que, evita a colesterolémia e produz o emagrecimento do individuo quando do referido regime alimentar; quanto aos frutos e cereais, previnem e combatem doenças como a constipação e a obstipação e fornecem energia ao organismo, pois possuem fibras e vitamina E do complexo B.

    Enfim, se praticar esta alimentação e a acompanhar com um pouco de exercício físico (que oferece saúde e força ao corpo), jamais sofrerá de doenças, de tal modo que sentir-se-á mais saudável e terá um corpo mais cuidado também.

     Conclui-se então que esta dieta, rica em fibras, vitaminas e ferro é ideal para os jovens, pois incentiva a prática do desporto, e para os idosos porque reduz a contracção de doenças (por exemplo, Alzheimer).

 

Cíntia.

publicado por pequenos jornalismos às 18:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.notícias recentes

. Diabinhos

. SALTWATER

. AMIGOS

. FIM do secundário-Nunca v...

. Manuscritos de Fernando P...

. Chegada da sonda Phoenix ...

. Queima das Fitas 2008

. Projectos da turma do 12º...

. Colóquio sobre a Nova Leg...

. NEWS

.arquivos

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.Contador

Free Hit Counters
Free Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds